Resultado de Exames

(12) 3411-6460

Atendimento 24 horas

Anestesia: Quando o medo dela pode prejudicar o seu Pet?

Poucas pessoas sabem, mas a anestesia é uma especialidade médica importantíssima, responsável pelos cuidados de todo o manejo pré, trans e pós-cirúrgico. O anestesista é uma peça fundamental em um centro cirúrgico, pois é ele quem administra os fármacos que produzem a anestesia e a analgesia durante o procedimento. Além disso, esse profissional ainda mantém os sinais vitais do paciente, como o coração batendo em um ritmo ideal, a pressão arterial estável e a respiração adequada, guiando o oxigênio para as células. Graças a esse precioso trabalho temos acesso a realização de incríveis procedimentos cirúrgicos na atualidade.

Na medicina veterinária, não é diferente. O veterinário anestesista possui as mesmas funções do “anestesista humano” e, frequentemente, também é esquecido e não é reconhecido pelos tutores como deveria. O crédito do sucesso do procedimento, grande parte das vezes, fica apenas para o cirurgião.

O desconhecimento sobre essa especialidade e sobre a anestesia em si, acaba provocando um forte medo dos tutores com relação ao tema. No dia a dia dos hospitais veterinários, é comum encontrarmos casos em que o medo exagerado leva a situações prejudicais aos nossos amados peludos.  Na oncologia, por exemplo, isso é muito evidente quando o tutor, por medo da anestesia e do procedimento, adia uma cirurgia que poderia ser simples e com menores riscos ao Pet. Uma “bolinha” pequena, do tamanho de uma azeitona, cresce e pode se transformar em um terrível tumor, um câncer maligno. Nesses casos, quando o Pet é finalmente submetido à cirurgia, ela precisa ser mais invasiva e complicada.

A demora pelo tratamento também ocorre na área da odontologia veterinária. Aqui, um simples tratamento periodontal, uma simples limpeza bucal, pode virar uma cirurgia dolorosa, com a extração de diversos dentes.

Infelizmente, como em toda atividade médica, precisamos reconhecer que sim, a anestesia tem um risco. Porém, a chance de algo ruim acontecer é muito baixa. O risco de complicações graves decorrentes da anestesia varia de acordo com a espécie, idade, tipo de procedimento e, com as condições físicas de cada paciente. Algumas doenças sistêmicas também aumentam o risco anestésico de acordo com sua gravidade. Por isso, os animais são classificados em uma escala que vai de I a V. Para os cães e gatos saudáveis, que estão nas classes I e II, o risco de morte relacionada à anestesia fica em torno de 0,05% para cães e 0,11% para os gatos (de acordo com estudos feitos pela Frontiers in Veterinary Science, em 2018). Para os pacientes portadores de alguma doença, esse risco é maior. Mesmo assim, é possível fazer um protocolo anestésico totalmente seguro. Apenas o médico veterinário poderá avaliar se os benefícios da cirurgia superam os seus riscos. Na maioria dos casos, o risco de não realizar o procedimento é bem maior do que o risco da anestesia propriamente dita.

O Estima Hospital Veterinário coloca à disposição de seus pacientes um serviço de anestesia para a realização de todos os procedimentos cirúrgicos, visando proporcionar bem-estar ao paciente e satisfação para os tutores.

Todos os animais passam por minuciosa avaliação clínica pré-operatória, que associada a exames complementares, possibilita determinar a melhor técnica anestésica para cada Pet em particular.

O hospital possui modernos recursos para o monitoramento dos parâmetros dos Pets durante a cirurgia, como monitor cardíaco, oxímetro, pressão arterial não invasiva (pressão sistólica, média e diastólica), temperatura e frequência respiratória.

Os agentes anestésicos são de última geração, oferecendo menor risco aos Pets e dispondo de maior segurança para os idosos, os cardiopatas e todos aqueles que apresentam alguma alteração que dificulta a realização dos procedimentos cirúrgicos. A dor é tratada de forma rígida, com fármacos capazes de garantir o bem-estar do Pet, durante e após a cirurgia.

Fonte de informações: https://www.uol.com.br/nossa/colunas/coluna-do-veterinario/2021/04/08/medo-de-anestesiar-seu-animal-e-mais-perigoso-do-que-a-propria-anestesia.htm

#AnestesiologiaEstima #Anestesia #SaúdePet #EstimaHospitalVeterinário #SouEstima

×