Resultado de Exames

(12) 3411-6460

Atendimento 24 horas

Desmitificando os exames complementares

 

Alguma vez você já ficou em dúvida sobre o porquê da realização de algum exame do seu pet?

Se sim, acalme-se! Estamos aqui para te ajudar a compreender a função dos principais exames solicitados pela nossa equipe de médicos veterinários!

Hemograma completo: é o exame solicitado com maior frequência pelos médicos veterinários, pois trás consigo muitas informações importantes. Através desse exame podemos detectar anemias, processos inflamatórios e infecciosos, desordens plaquetárias, etc. É um exame muito útil na triagem inicial do paciente.

Perfil renal: normalmente, inclui os exames de ureia e creatinina, que são metabólitos produzidos pelo organismo e excretados pelos rins. Sendo assim, um acúmulo dessas substâncias no sangue indica uma alteração na função renal, que deve ser investigada.

Urinálise: nada melhor para avaliar a função de um órgão do que analisar aquilo que ele produz. Nesse caso, os rins são responsáveis pela produção da urina e os diversos tipos de exame realizados com ela auxiliam na avaliação da função renal.

Perfil hepático: o perfil hepático pode avaliar tanto lesões no órgão, através da dosagem de enzimas hepáticas (ALT, AST e FA, por exemplo), quanto a função do mesmo, através da dosagem de substâncias produzidas pelo fígado, como albumina, bilirrubina, glicose, colesterol, triglicérides, fatores de coagulação, etc.

Colesterol e triglicérides: através desses exames, podemos avaliar distúrbios no metabolismo dos lipídeos (gorduras). Valores elevados de colesterol e triglicérides podem estar, inclusive, associados a doenças endócrinas.

Coagulograma: através desse exame, podemos avaliar a coagulação do paciente, o que nos permite diagnosticar distúrbios e programar procedimentos cirúrgicos, que envolvem incisões e sangramento, com maior segurança.

Ultrassonografia abdominal: a ultrassonografia permite avaliar a morfologia dos órgãos e auxilia no diagnóstico de processos inflamatórios, infecciosos, neoplásicos, etc.

FAST: é uma ultrassonografia voltada para triagem e monitorização de pacientes atendidos em situação de urgência/emergência ou internados. É um exame que permite diagnosticar e acompanhar a presença de líquido livre em cavidade abdominal ou torácica, pneumotórax, edema pulmonar, etc.

Radiografia: permite avaliar tórax, abdome e ossos do paciente, identificando alterações nessas estruturas.

Hemogasometria: através desse exame, podemos avaliar o equilíbrio ácido-base do paciente e suas possíveis alterações. A hemogasometria arterial permite a avaliação de desordens respiratórias e da função pulmonar, enquanto a hemogasometria venosa permite a análise de distúrbios metabólicos e da perfusão tecidual. Além disso, a hemogasometria nos auxilia no manejo da fluidoterapia e de eletrólitos (sódio, potássio, cálcio, etc.).

Lactato: através desse exame, podemos avaliar a perfusão tecidual do paciente, ou seja, o estado da sua microcirculação, que é onde ocorre a troca de oxigênio e nutrientes. Sendo assim, podemos verificar se as células do paciente estão funcionando adequadamente. Além disso, esse exame tem valor prognóstico, ou seja, quando realizado de forma seriada, permite avaliar a possibilidade de melhora ou piora do quadro.

Dra Joice de Toledo

Coordenadora Estima Hospital Veterinário.

×